Revista D&A – Decoração e Arquitetura – Revista Digital

Novidades

Curta nossa fanpage

SOFISTICAÇÃO E PRATICIDADE: O NOVO MORAR

Seis meses foi o tempo necessário para finalizar a reforma do apartamento de um jovem casal, em São Paulo. Os 350 metros quadrados foram tomados por uma curadoria precisa de obras de arte e design, em projeto da arquiteta Tânia Eustáquio, do escritório Tânia Eustáquio Arquitetura. Conforme pede o morar contemporâneo, os moradores ansiavam por ambientes amplos, vontade, já em partes, compreendida pela forma aberta da planta original do apartamento. Sem a derrubada de paredes, a missão da arquiteta foi mudar acabamentos e trazer móveis de personalidade que enfatizassem essa característica.

Para isso, Tânia seccionou as três áreas principais de convivência com sofás da B&B e da Micasa. Eles convivem com poltronas Tenreiro e mesas de centro Etel e Nogushi, que dão forma ao home theater e ao estar, precedidos pela sala de jantar.

No jantar, uma fotografia de Romulo Fialdini ocupa nicho decorativo que cumpre também a função de aparador. A mesa, da Micasa, é acompanhada de cadeiras variadas da Etel, Dpot e Thonart. Em contraponto, pinturas expressivas formam um mural na sala de estar, ao lado de mais fotografias emolduradas no home theater, elementos que enfatizam a unidade estética.

São os lambris que atraem o olhar para as áreas íntimas do apartamento, aplicados no hall de distribuição. Eles dão lugar às portas e marcenaria sob medida, projetadas em aliança com bancadas de mármore sofisticadas. O Limestone Baiteg Blue, de matiz acinzentada, foi o responsável por direcionar os tons predominantes. Entre o branco e  cinza, a madeira aquece. Tudo salpicado com pontos específicos de luz e cor que refletem a jovialidade e descontração dos moradores.

A parede de acabamento cimentício, reflexão da modernidade e vida urbana, se integra às bancadas. No home, a peça longilínea acomoda aparador de madeira e, ao seu lado, uma lareira cria um ponto de fogo e acolhimento.

Proposta como extensão da sala, a varanda recebeu um banco de curvas orgânicas talhadas no mesmo Limestone presente no outro ambiente, acompanhado de um belo jardim que se combina ao horizonte da cidade. Na cadeira acrílica Buble, os moradores podem relaxar – tanto observando o skyline ou na leitura de seus livros favoritos.

Após o hall encontramos a área íntima. Ali, está o quarto do bebê – um composé de móveis em azul pastel e branco. O sofá, que abrigará os moradores com seu pequeno em diversos momentos do crescimento da criança, foi tomado por almofadas com formatos da natureza e crochês delicados.

 

Fonte: Assessoria | dc33 Comunicação


Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistad/public_html/wp-content/themes/revistadea/functions.php on line 190

    Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistad/public_html/wp-content/themes/revistadea/functions.php on line 190
Mais novidades