Revista D&A – Decoração e Arquitetura – Revista Digital

Novidades

Curta nossa fanpage
Projeto: Carmem Avila (Foto: Rafael Renzo)

PARA SUBIR A TEMPERATURA: DICAS SOBRE OS PRINCIPAIS TIPOS DE LAREIRAS

Com a chegada dos dias mais frios, é hora de escolher a lareira ideal para a sala de estar, pois ela passa a ser um dos objetos de desejo para espantar o clima do inverno. Além de aquecer e deixar o ambiente ainda mais aconchegante, é inegável o charme que a lareira traz para o décor. Mas diante das diversas versões, qual o melhor modelo?

Para ajudar na escolha, a arquiteta Carmem Avila, do escritório Carmem Avila Arquitetura, reúne sugestões em um guia que aborda os principais tipos – à lenha, ecológica e a gás –, bem com suas características.

 

Lareira à lenha

A mais tradicional das lareiras, daquelas que assistimos nos filmes, demanda mão de obra especializada para execução, que deve incluir a utilização de tijolo refratário, duto de exaustão e chaminé para saída da fumaça. “É perfeita para quem aprecia o ritual de acender a lareira e apreciar o perfume aromático da madeira durante a queima”, conta Carmem. Ao escolher essa opção, é necessário estocar lenha em casa e realizar a retirada das cinzas no dia seguinte. Entre as vantagens, a arquiteta ressalta o calor emitido, que aquece o espaço de maneira uniforme. Todavia, ela ressalta um ponto importante para a utilização em apartamentos. “Nesse caso, o modelo só pode ser adotado se estiver previsto pela construtora”, alerta.

 

Lareira ecológica

Este tipo de lareira utiliza o etanol ou gel fluído como combustível e é extremamente prática e fácil de instalar, podendo até ser portátil. Como ponto positivo para sua adoção está o fato de ser ecologicamente correta por não produzir fumaça, resíduos ou inalantes. Com potência mediana, “não é a melhor opção se sua região é realmente muito fria”, recomenda a profissional.

 

Lareira a gás

O modelo dispensa o uso de dutos de exaustão e é de fácil manuseio – tão prática como acender uma boca de fogão – e algumas são controladas até por controle remoto. Antes de comprar, recomenda-se verificar qual o tipo de alimentação a gás está disponível no imóvel (casa ou apartamento), haja vista o modelo precisa ser compatível. Assim como a versão à lenha, a lareira a gás necessita de mão de obra especializada para instalação.

 

Sobre Carmem Avila Arquitetura

Projetar é a grande paixão do escritório comandado pela arquiteta Carmem Avila, que se destaca pela atenção aos detalhes na composição de volumes, cores, luz e texturas.

Formada Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, Carmem Avila trabalhou durante alguns anos como colaboradora em diversos escritórios – Heloisa Maia Campos, ATP Arquitetura, Brasil Arquitetura e Futurebrand, entre outros –, onde solidificou sua formação até iniciar uma carreira a solo em 2004.

Entre 2009 a 2013 atuou docente do curso Design de Interiores na Escola Panamericana de Arte de São Paulo. Em 2013, foi uma das finalistas no concurso IDEA BRASIL, dentro da categoria Living RoomsandBedrooms, com o Projeto do Cabideiro Ondas.

 

Fonte: Assessoria | dc33 Comunicação


Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistad/public_html/wp-content/themes/revistadea/functions.php on line 190
Mais novidades