Revista D&A – Decoração e Arquitetura – Revista Digital

Novidades

Curta nossa fanpage
Antes e Depois | Projeto: Carmem Avila | Foto: Rafael Renzo

ANTES x DEPOIS: REFORMA RADICAL TRANSFORMA ÁREA DE LAZER

Quando os proprietários adquiriram esta residência de 300 m², em São Paulo, pensaram em demolir o imóvel de 1956 e reconstruí-lo. Mas a arquiteta Carmem Avila, do escritório Carmem Avila Arquitetura, enxergou o potencial da casa e os convenceu a resolver os principais inconvenientes com uma reforma radical, que integrou as áreas internas e aproveitou ao máximo a estrutura existente.

A área externa serviu para conectar os dois níveis da casa e resgatou a relação dela com os jardins”, conta a arquiteta. Para isso, o terraço de concreto aparente interligou o pavimento térreo ao inferior, que ao ser ocupado com área gourmet, sala de jogos e piscina, virou o templo de lazer da família. Após cálculos estruturais, a varanda surgiu para conectar o térreo ao jardim. Carmem projetou uma laje de concreto maciço e optou por um guarda-corpo de inox e vidro pronto. “O modelo modular, com um sistema padronizado de parafusos e braçadeiras metálicas, custou quase a metade do preço de um feito sob medida”, explica Carmem.

Usado em todo o piso externo, escada e borda de piscina, o piso de quartzito branco, que mistura peças retangulares com espessura entre 3 e 5 cm, é prático e resistente. “As pedras robustas são fáceis de limpar. Basta uma vassoura e não necessita de água”, conta. Escolhida por formar um tapete denso e macio, a grama-esmeralda é perfeita para jardins residenciais. Mas antes de ser plantada, a paisagista Priscilla Bruno precisou remover toda a camada superficial de terra com restos de obra capazes de prejudicar seu cultivo.

Formada por uma raia (2,10 x 12,5 m e 1,40 m de profundidade), a piscina conta com spa e prainha, podendo ser usada o ano inteiro por ser aquecida. O tanque de concreto armado recebeu pastilhas de porcelana verde. Para fundir o muro à vegetação do jardim, Carmem cobriu o paredão de concreto com tinta verde para pisos de quadras. “Testamos em outros projetos e notamos que a durabilidade é maior do que a de outros tipos de tinta”, afirma. Menos de uma lata de 18 litros cobriu os 80 metros de muro.

 

Sobre Carmem Avila Arquitetura

Projetar é a grande paixão do escritório comandado pela arquiteta Carmem Avila, que se destaca pela atenção aos detalhes na composição de volumes, cores, luz e texturas.

Formada Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), Carmem Avila trabalhou durante alguns anos como colaboradora em diversos escritórios – Heloisa Maia Campos, ATP Arquitetura, Brasil Arquitetura e Futurebrand, entre outros –, onde solidificou sua formação até iniciar uma carreira a solo em 2004.

Entre 2009 a 2013, atuou como docente do curso Design de Interiores na Escola Panamericana de Arte de São Paulo. Em 2013, foi uma das finalistas no concurso IDEA BRASIL, dentro da categoria Living RoomsandBedrooms, com o Projeto do Cabideiro Ondas.

 

Fonte: Assessoria| dc33 Comunicação


Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistad/public_html/wp-content/themes/revistadea/functions.php on line 190
Mais novidades