Revista D&A – Decoração e Arquitetura – Revista Digital

Novidades

Curta nossa fanpage

6 TENDÊNCIAS EM REVESTIMENTO

Reiniciar, recomeçar. Essas palavras definem bem a tônica das últimas feiras nacionais e internacionais ligadas ao mundo da moda, da decoração e do design. Segundo Ruth Fingerhut, especialista e pesquisadora em tendências, as pessoas têm se posicionado de maneira diferente em relação à vida, com outras perspectivas de trabalho e um novo olhar sobre a casa, os ambientes e a decoração. “2018 será um ano de rever conceitos, refletir e apertar o botão reiniciar”, resume Ruth. Para acompanhar esses anseios da sociedade, é necessário que a indústria entenda, com muita sensibilidade e delicadeza, o que realmente faz diferença para cada um. É isso que a Lepri – Finas Cerâmicas Rústicas, marca centenária conhecida pela vanguarda presente em cada uma de suas coleções, buscou trazer para os novos revestimentos que chegam para ampliar ainda mais o portfólio. A seguir, Ruth lista seis tendências de morar que nortearam a marca em seus lançamentos para este ano:

  1. Encasulamento

Cada vez mais, as pessoas se recolhem em suas casas em busca de segurança e proteção. Com origem na década de 80, esse movimento, chamado de encasulamento, alcançou o amadurecimento. “As paredes caíram e os ambientes de convivência estão mais integrados. Hoje, a maneira de viver e olhar a casa é diferente”, explica Ruth. Essa forma de morar traz a necessidade de revestimentos que simbolizem as sensações de aconchego e acolhimento. As linhas Mattone e Natura, da Lepri, representam essa premissa – suas texturas, além do toque aveludado e das bordas irregulares, estimulam o sensorial. O Brick Natura Café, com um tom amadeirado, possui veios que lembram o rústico, estilo que inspira momentos confortáveis dentro de casa.

  1. Universo particular

As novas forma de morar são tendências. Uma delas é a busca por se sentir único por meio da personalização e customização. Por isso, em todas as coleções, a Lepri pensou em formatos que possam ser combinados com uma variedade de materiais – do metal à madeira –, resultando em ambientes realmente exclusivos e diferenciados. As réguas Raku, produzidas com uma técnica milenar japonesa em altas temperaturas que criam peças de aparências sempre diferentes entre si, representam bem essa tendência. Essa técnica foi implementada pela Lepri em seu primeiro produto cerâmico, o Invecchiatto Nero, e hoje o uso nesse novo formato de réguas acontece graças ao domínio da empresa sobre a prática e a evolução técnica dos revestimentos extrudados. Com design de superfície oferecendo identidade e personalização, a Coleção Terracota valoriza a cor que será tendência na Première Vision Paris de 2019. Argila, experiência e design compõem a linha, que transcende o tempo e incorpora um estilo que agrega história e sensibilidade. Em réguas longas – lisas e com relevo, além do brick patchwork –, a Terracota ganha uma leitura rústico-chique com opções modernas que estão em total harmonia com os sinais vanguardistas de comportamento contemporâneo.

  1. Convivência com a natureza

Espaços saudáveis são sinônimo de conexão com a natureza. Assim, as nuances do mar, céu e das plantas ajudam a compor o visual dessa tendência. O momento de paz com a natureza trouxe o conceito de floresta urbana para a nossa vida e levou o verde para a decoração, em grandes ou pequenas porções. A Coleção Tropical reflete essa demanda pensada para uso na área de lazer externa, como a piscina e a churrasqueira. Suas cores convivem muito bem com o paisagismo, dando destaque aos projetos.

  1. Conscientização

A busca por materiais amigos do meio ambiente e a preferência por escolher fabricantes alinhados com preceitos de sustentabilidade continuam com força em 2018. “Não basta que o produto de design hoje seja bom e funcional. Ele precisa servir para um bem maior”, diz Ruth. Precursora no uso de lâmpadas fluorescentes na massa dos revestimentos, a Lepri tem a sustentabilidade em seu DNA. Cerca de 99% das peças vêm de processos de reaproveitamento – desde o uso da lama da barragem do fundão, de Mariana (MG), em processos produtivos até o reuso de cinzas do forno na queima dos esmaltes.

  1. Despertar dos sentidos

“As pessoas querem olhar, ter a percepção do toque e vivenciar uma sensação prazerosa”, relata Ruth, exemplificando a alma dessa tendência que aposta no design de superfície. O sensorial é ativado em todas as linhas da Lepri, com destaque para os relevos de superfície, delicados e elegantes. Criados em uma única cor por peça, seu design é apreciado e aguça os sentidos, sem poluição visual no ambiente. Os belos rendados da linha Patchwork podem ser combinados entre si em paginações diversas, personalizando completamente as paredes de casa com elegância e sofisticação. A coleção, inspirada na região da Provença, é formada por peças únicas desenvolvidas em processo artesanal.

  1. Geometria

Com sua forma irreverente e um ar vintage, os hexágonos vão se firmando na composição de acabamentos e objetos. “Nas feiras italianas, eles marcaram presença em grandes formatos no chão, subindo com pequenas peças na parede. Mais do que tendência, as peças compostas por seis lados já fazem parte do conceito de revestimentos”, explica Ruth. Seguindo essa premissa, a Lepri trabalhou para criar um hexágono delicado, com design de superfície que confere ao revestimento uma aparência romântica e até mesmo lúdica.

Lepri – Finas Cerâmicas Rústicas

Comprometida com a fabricação de produtos de alta qualidade, a Lepri – Finas Cerâmicas Rústicas completa 100 anos de história em 2018. Desde sua fundação, inova constantemente em busca da satisfação de seus clientes e da sustentabilidade. Preza pela alta qualidade, de forma a criar sinergia na decoração, valorizando o bem-estar, elegância e aconchego. Pioneira na produção de revestimentos ecológicos, em 2011 tornou-se membro do Green Building Council, ONG que busca promover a indústria de construção sustentável no Brasil. Atualmente, 99% de suas linhas são fabricadas com materiais descartados – vidros de lâmpadas fluorescentes, de TVs e monitores, resíduos da produção de louças Deca. Em 2016, a Lepri desenvolveu uma técnica para aproveitar rejeitos de mineração na produção de um novo revestimento Brick, fabricado a partir da lama da barragem de Fundão, da cidade de Mariana, em Minas Gerais. A marca é ganhadora do Best in Show na categoria de Sustentabilidade, com um grande portfólio de participações na CASA COR e na mostra BRAZIL S/A.

Fonte: Assessoria | dc33 Comunicação


Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistad/public_html/wp-content/themes/revistadea/functions.php on line 190

    Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistad/public_html/wp-content/themes/revistadea/functions.php on line 190
Mais novidades