Revista D&A – Decoração e Arquitetura – Revista Digital

Novidades

Curta nossa fanpage
Ana Yoshida - Apto. Digo Jacome (Foto: Evelyn Müller)

5 DICAS PARA DECORAR A CASA COM ELEMENTOS NATURAIS

Espaços conectados com a natureza, que estão muito em alta, são sinônimos de lugares saudáveis. Mais do que contar com vasos e hortinhas, varandas, áreas de estar e outros ambientes da casa ganham doses preciosas de aconchego com móveis, revestimentos e objetos de decoração feitos de madeira ou de outros materiais naturais. Para você que simpatiza com a ideia, listamos maneiras de integrar a decoração natural à morada.

 

Sobre a mesa

De rusticidade sutil, as gamelas, fruteiras e bandejas que ficam em destaque sobre a mesa de jantar são uma maneira de trazer um pouco da natureza para dentro de casa. Esses modelos são feitos artesanalmente, em um processo que valoriza o formato natural dos troncos resgatados a fim de que cada peça seja única. São escolhas certeiras para dispor as frutas, servir queijos e vinhos ou enfeitar a mesa em ocasiões especiais.

 

Na área de estar

Combinando durabilidade e versatilidade, a marcenaria é uma boa pedida para aquecer os ambientes e resolver questões, como a divisão das áreas. Sob medida ou planejada, ela apresenta os veios e tons da madeira, enriquecendo a decoração. Na foto, marcenaria desenhada por Ana Yoshida, pensada para separar ou integrar a varanda ao living, permitindo a passagem de luminosidade pelos recortes envidraçados.

 

Como apoio

Pequeno, mas de grande efeito. O formato orgânico das peças compactas, como as mesas e os banquinhos, pode compor diversos ambientes, servindo como importante apoio no cantinho de leitura, banquinho no bar e até mesa de cabeceira. O restante da decoração é responsável por pautar a personalidade do local, dando continuidade ao visual rústico do móvel de madeira ou misturando com outros itens mais modernos.

 

No hall

Usados pela arquiteta Carmem Avila, os penduradores na parede acomodam os objetos pessoais da moradora. A forma curva complementa a decoração do hall de maneira única, trazendo a delicadeza da madeira, aliando beleza e funcionalidade.

 

No piso

A madeira como revestimento pode transformar o ambiente – assim como fez nesse living. O nobre e marcante parquet, que realça o chão, até dispensa o uso de tapetes no projeto da arquiteta Carmem Avila. Ela ainda aconselha: em ambientes em que a madeira está presente em grande escala, é importante dosar as texturas com elementos de superfícies neutras e uniformes.

 

 

Corte da Terra

cortedaterra@gmail.com

www.cortedaterra.com

@_cortedaterra

 

Ana Yoshida Arquitetura e Interiores

Av. Morumbi, 1660, Jardim Guedala

www.anayoshida.com.br

@anayoshidainteriores

 

Carmem Avila Arquitetura

www.carmemavila.com.br

@carmem.avila.arquitetura

 

Fonte: Assessoria | dc33 Comunicação

 


Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistad/public_html/wp-content/themes/revistadea/functions.php on line 190

    Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistad/public_html/wp-content/themes/revistadea/functions.php on line 190
Mais novidades